Ferrari 458 Italia, mais uma obra prima de Maranello | AvantGarde

Para garantir uma experiência incrível, aconselhamos o uso de um navegador mais recente para acessar o nosso site.

Faça o download do Google Chrome

Ferrari 458 Italia, mais uma obra prima de Maranello

Um motor 4.5L de 8 cilindros em V, formam a sigla. O país de origem o segundo nome. O sobrenome é de respeito absoluto: Ferrari 458 Italia.

Veja o vídeo especial da Macchina:

A Ferrari 458 Italia e seu design futurista

Substituta da Ferrari F 430, a Ferrari 458 Italia chegou em 2009 com um design futurista. A experiencia da Ferrari nas corridas e no desenvolvimento dos superesportivos a coloca num patamar superior. A assinatura de Pininfarina dá um peso especial. Diferente dos modelos anteriores da marca, as entradas de ar laterais foram eliminadas e passadas para a parte inferior do carro. As linhas fluidas trazem uma aerodinâmica moderna, sem grandes apêndices, o efeito solo é muito bem utilizado. Na frente, aletas grandes que se deformam conforme a velocidade, quanto mais alta, mais inclinadas. As saídas de escapamento se juntam em 3 bocais centrais, remetendo à lenda Ferrari F40.

As saídas triplas de escapamento da Ferrari 458 Italia remetem à clássica F40.

Um motor potente e ao mesmo tempo de baixas emissões

O nome Ferrari 458 Italia é uma homenagem ao país de origem da Ferrari e ao tamanho do motor: 4,5 litros e 8 cilindros em “V” de 90 graus. Maior potência e menores emissões que sua antecessora, a Ferrari F 430. Injeção direta e totalmente feito em alumínio, o propulsor gera 570 cavalos a 9.000 rpm e 540 Nm a 6.000 rpm. Os dados garantem que o superesportivo acelere de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos e alcance a velocidade máxima de 325 km/h.  A Ferrari 458 Italia é o segundo carro da marca com dupla embreagem, tal característica permite trocas com 0,06 s. Os freios a discos ventilados, para frear a 100 km/h é preciso 32,5 metros até o carro parar completamente. O peso também foi reduzido para melhorar a eficiência e o consumo de combustível.

O motor V8 de 4.5 L fica na posição central e faz a Ferrari 458 Italia voar baixo, auxiliada pelo baixo peso e aerodinâmica moderna.

O interior evoluído da Ferrari 458

O volante rda Ferrari 458 Italia remete aos monopostos da F1. As chaves de seta e limpador de parabrisas fazem parte do conjunto de botões no equipamento. Conjunto formado também pelos botões de ignição e sintonização do rádio, além do seletor de modos de direção num botão giratório. O interior é em couro e fibra de carbono. O exemplar que está na AvantGarde possui bancos e forros de porta em vermelho, câmera de ré e soleiras em fibra de carbono. Material composto também presente no console central e no paddle shift. Para acalmar o clima, ar condicionado dual zone.

O volante da Ferrari 458 Italia é inspirado na Formula 1 e incorpora toda a tecnologia advinda da categoria.

Redução de peso e aumento de performance

A Ferrari 458 Italia possui o chassi em liga de alumínio aeronáutico coberto pela mais estruturada carroceria de fibra de carbono. Em relação à sua antecessora, 30% mais leve. Para manter o carro no chão, a aerodinâmica proporciona uma força descendente de 140 kg a 200 km/h e 360 kg aos 325 km/h. O sistema de diferencial eletrônico E-Diff as informações coletadas pelo carro e adaptando todo o sistema dinâmico ao modo de direção escolhido. Para parar a fera os discos de carbono cerâmica  com 4 pinças e sistema ABS. A suspensão duplo A na dianteira e multilink na traseira tem controle magnético podendo alterar a força de absorção em 8 milissegundos. Uma legitima Ferrari, recordista de vendas e de admiradores.

Freios a disco de carbono cerâmica e 4 pinças para parar a Macchina. A Ferrari 458 Italia também tem diferencial eletrônico e suspensão magnética.

Ficha técnica

Motor

  • Instalação do motor: Central

Dimensões

  • Instalação do motor: Central
  • Disposição do motor: Longitudinal
  • Cilindros: 8 em V
  • Diâmetro dos cilindros: 94 mm
  • Curso dos pistões: 81 mm
  • Combustível :Gasolina
  • Cilindrada: 4499 cm³
  • Razão de compressão: 12,5:1
  • Rotação máxima: 9000 rpm
  • Válvulas por cilindro: 4
  • Comando de válvulas: Duplo no cabeçote
  • Aspiração: Natural
  • Alimentação: Injeção direta
  • Câmbio: Automatizado
  • Marchas: 7
  • Tração: Traseira
  • Embreagem: Dupla a seco

Chassi

  • Suspensão dianteira: Independente, braços sobrepostos
  • Suspensão traseira: Independente, braços sobrepostos
  • Freios dianteiros: Disco ventilado
  • Freios traseiros: Disco ventilado
  • Direção: Hidráulica
  • Pneus dianteiros: 235/35 R20
  • Pneus traseiros: 295/35 R20
  • Procedência: Importado
  • Configuração: Cupê
  • Porte: Grande
  • Ocupantes: 2
  • Portas: 2

Desempenho

  • Velocidade máxima: 325 km/h
  • Aceleração 0-100 km/h: 3,4 s
  • Potência: 578 cv a 9000 rpm
  • Torque: 55 kgfm a 6000 rpm
  • Peso/potência: 2,6 kg/cv
  • Potência específica: 128,5 cv/l
  • Peso/torque: 27,0 kg/kgfm
  • Torque específico: 12,2 kgfm/l
  • Consumo urbano: 5,5 km/l
  • Consumo rodoviário: 7,5 km/l